23.4.06

Se és

Se tens meu beijo, é pelo gosto que guardo mofado em minha boca.
Se tens bebida ou nicotina é por fugir do que não quero mais.
Se canto é por tentar entender minha voz.
Se és beijo, és o que és. És nada além de uma troca obsoleta de prazer.
Por ora, verbo ser não existe.


Obrigada por todos os sorrisos.

4 comentários:

pri disse...

Se és apenas troca obsoleta de prazer, não deixe que sejas beijo.


Dorei você ontem.

c o t z disse...

concordo com a pri...
faça valer, porque nada é só o que é...a não ser que você queira que seja

bom te ver, queria que fosse sempre sempre sempre :)

gai disse...

pq a gente sempre tem q viver o hj pensando no amanhã?

Tali disse...

Nada a acrescentar.
Nada a retirar.
...Post sucintamente perfeito. =)Ateh me espelhei um pouco nele. Adorei!
Bjoo!