29.4.06

Essa Paulista me conta cada coisa...!

Ontem estávamos para ir embora, ali no escadão, Paulista 900.
Aquele monte de gente em cima de andaimes montando um palco gigante para mais um daqueles shows, dessa vez para os Trabalhadores. Show que vai contar com celebridades que vão de Wanessa Camargo a Calypso, passando por Edson e Hudson e Floribela. Estupendo.
E aquela algazarra toda, uma hora da manhã na avenida movimentada, eis que me surge um senhor. É, um jovem senhor, com seus trinta e pouco, quem sabe quarenta anos.
Meio doido, meio bêbado. Mais doido, eu diria.
Entre um grunhido e outro, uma cuspida e outra, ele me disse que eu morreria antes dos 28, que ele via isso, via tudo, que minha morte ia ser de acidente, catástrofe, sei lá.
Na hora bateu uma angústia, "mas poxa, 28 anos?", depois, só o que eu pude dizer, foi:
- Eu sei, vou morrer amanhã. E vou nascer de novo mês que vem. Tá tudo programado já. Eu já morri 10 vezes. Tranquilo.

Saímos andando.
É estranho ouvir isso.
Terei de viver agora, três vezes por dia, pra ter valido a pena lá na frente.
Mais uma tarefa aí pra ser super super herói hoje em dia.

5 comentários:

Tha disse...

ainda bem que a vida é imprevisivel muitas vezes, assim essa previsao de esquinas , sob o olhar dos imponentes predios não valera nada, se assim vc quiser!
bjos menina!

gai disse...

ai ai, tem cada louco nessa paulista, viu?
me emputece e me irrita.
mas no fundo, fica sempre um pouco de compaixão.
acho q ele morreu e ainda não sabe. ou sabe, por isso pragueja pela rua...

Tali disse...

Super hiper mega ultra herói vc kis dizer, neh? rs
Há quem naum viva nem uma vez por mes. Naum eh facil naum, ainda mais qnd td a sua volta parece naum ajudar..
Bjo Bu!

c o t z disse...

História em quadrinhos total
E pensar que uma doida me passou um creme pras mãos dentro da balada falando que minhas mãos escondem quem eu sou, e que eu devia cuidar disso...hahahaha

Por mais que você não morra aos 28, tente viver dessa maneira que você propôs :) Pode ser meio coisa de porra louca mas com certeza deve ser bem mais proveitoso

Carpe Diem*

Fabixu disse...

Ah, essas crônicas... =)
Às vezes penso que a Avenida vai me surpreender por toda minha vida...